Odontopediatria

Odontopediatria

Os dentes de leite nascem por volta do 6º. Mês, mas pode ocorrer antecipação para o 3º. ou 4º. mês. Geralmente, a dentição do bebe, completa-se entre o 20º. e o 36º. mês. A primeira consulta deve ser feita antes mesmo do aparecimento dos primeiros dentes. Uma consulta agradável, em ambiente amistoso, ajudará no estabelecimento de um vínculo afetivo com o dentista, também é importante um programa de educação e medidas preventivas que evitem o aparecimento de cáries e doenças gengivais. Sem necessidade de tratamentos dolorosos, a visita ao dentista perdeu o antigo caráter de ameça. O odontopediatra é o profissional habilitado para fazer o atendimento desde a primeira infância até o término do crescimento, o que ocorre por volta de 15 a 16 anos nas meninas e 17 a 18 anos nos meninos.

A presença dos dentes de leite é muito importante porque prepara o caminho (guia) para os dentes permanentes, mantendo em equilíbrio o crescimento das estruturas da face (dentes, ossos e músculos); proporcionando uma mastigação e deglutição adequadas dos alimentos e conseqüente digestão. A cárie e suas conseqüências, como abcessos e inflamações, são o maior problema da dentição de leite e também uma questão séria nos dentes permanentes. Um dente de leite comprometido seriamente por um processo de cárie poderá levar a uma infecção, o que compromete não só a boca, mas também o organismo como um todo, prejudicando sua saúde. Dentes sadios é parte integrante da saúde geral do organismo. Além disso, quando as crianças apresentam problemas estéticos, percebe-se que ocorrem neles uma dificuldade de comunicação e integração social.

Pacientes especiais

Pacientes portadores de necessidades especiais são indivíduos que apresentam desvios no padrão de normalidade de sua condição física, mental, orgânica e ou de sociabilização. Esta condição pode ser de caráter transitório ou permanente. O dentista que se propõe a atender pacientes especiais precisa ter conhecimento das características e particularidades desses indivíduos. Para essa finalidade, existem cursos de pós graduação, estágios e literatura científica que o capacitem para este atendimento.

Muitas vezes, os profissionais se esquecem da essência da prestação de serviços, que é encantar e conquistar o cliente. Sendo necessário: ¨O gostar...... de acompanhar e ajudar a resolver os problemas dos pacientes¨. O paciente precisa sentir se seguro.